“Símbolo de inclusão e oportunidade”, destaca Jerônimo ao firmar parceria com instituição educacional em Irecê

“Símbolo de inclusão e oportunidade”, destaca Jerônimo ao firmar parceria com instituição educacional em Irecê Na manhã desta sexta-feira (23), em Irecê, o Governo do Estado da Bahia formalizou um Termo de Colaboração com a Associação Beneficente Projeto Nordeste (ABPN), realizadora do projeto Nova Canaã. A inciativa irá proporcionar educação em tempo integral, abrangendo o … Leia Mais



Secretaria da Educação do Estado realiza campanha de apoio a desabrigados pelas chuvas e arrecada 2,3 toneladas de alimentos

Secretaria da Educação do Estado realiza campanha de apoio a desabrigados pelas chuvas e arrecada 2,3 toneladas de alimentos A Secretaria da Educação da Bahia (SEC) integra a força-tarefa promovida pelo Governo do Estado para auxiliar os municípios afetados pelas fortes chuvas que vêm sendo registradas em diferentes regiões da Bahia, desde o início do … Leia Mais



Em missão na Espanha, Jerônimo busca novos investimentos em tecnologia, telecomunicações e energia renovável


Em missão na Espanha, Jerônimo busca novos investimentos em tecnologia, telecomunicações e energia renovável

Na noite deste sábado (24), o governador Jerônimo Rodrigues embarca para a Espanha, em mais uma missão internacional. No país europeu, o governador terá uma sequência de agendas, com visitas e reuniões, para conhecer projetos de diferentes áreas e tratar com lideranças empresárias sobre a vinda de novos investimentos e desenvolvimento de tecnologias em solo baiano.

Em Barcelona, onde inicia a missão, Jerônimo visita o Hospital Clínico da cidade. O hospital universitário é uma instituição de referência internacional, especializado no desenvolvimento de linhas terapêuticas e tratamentos inovadores de combate ao câncer. Além do governador, o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico (SDE), Ângelo Almeida, e o superintendente de Atração e Desenvolvimento de Negócios da SDE, Paulo Guimarães, participam desta e de outras agendas.

A delegação baiana também marcará presença no Mobile World Congress (MWC), um dos eventos mais importantes e influentes da indústria de tecnologia móvel e telecomunicações. O congresso acontece anualmente e reúne líderes, empresas, inovadores e entusiastas do setor para discutir e apresentar as últimas tendências e avanços no mundo móvel.

Além de visitar o estande brasileiro no MWC, em agendas paralelas ao congresso, a comitiva baiana se reúne com lideranças de diferentes empresas do ramo de tecnologias móveis e conectividade. Uma delegação baiana do Cimatec, formada por Walter Pinheiro, Relações Corporativas e Governamentais; e José Luis Gonçalves de Almeida, gerente executivo e coordenador de programas, também acompanhará os encontros.

Agenda “verde”

Ainda em Barcelona, Jerônimo Rodrigues conhecerá uma estação de abastecimento, com hidrogênio verde, de veículos do transporte metropolitano da cidade, e visitará o centro de referência em tecnologia de hidrogênio verde (CER-H2) da Universidade Politécnica da Catalunha, visando parcerias tecnológicas e científicas.

A pauta relacionada à geração de energia limpa se repetirá na segunda cidade a ser visitada pelo governador. Em Puertollano, a comitiva baiana se reunirá com uma empresa espanhola líder na fabricação e comercialização de fertilizantes, onde também irão conhecer a planta de hidrogênio verde do grupo.


Em 2024, Bahia mantém 100% das escolas estaduais com acesso à água potável


Em 2024, Bahia mantém 100% das escolas estaduais com acesso à água potável

O Governo da Bahia segue, este ano, mantendo 100% das escolas da rede estadual de ensino com acesso à água potável. A marca é alcançada desde 2019, cobrindo todas as unidades escolares, da capital e interior. Recentemente, foram anunciados novos investimentos superiores a R$ 1,1 bilhão em infraestrutura para a rede escolar estadual e em projetos que já estão sendo implementados para melhorar ainda mais a qualidade de vida e garantir a permanência dos estudantes mais vulneráveis na escola.

Hoje, a água de qualidade chega a todas escolas da rede, graças aos projetos que têm sido desenvolvidos pelo governo para levar obras de abastecimento de água e saneamento para todo o estado. Praticamente, todos os estudos apontam que a ingestão de água potável não é só capaz de prevenir doenças, mas traz diversos benefícios para o corpo, como regular a temperatura corporal, facilitar a digestão de refeições, bem como auxiliar na absorção de nutrientes presentes nos alimentos e na eliminação de substâncias tóxicas do corpo.

“Como profissional da área de saúde por formação, entendo que garantir uma estrutura acolhedora, água e alimento de qualidade é fundamental não só para o bem-estar como para o desempenho do nosso estudante, que tem sido o foco do nosso governador Jerônimo Rodrigues”, afirma a secretária da Educação do Estado, a médica e professora Adélia Pinheiro.

Além de garantir que os estudantes possam contar com água potável nas escolas, o Governo da Bahia segue aprimorando a oferta da alimentação escolar em todas as unidades, na capital e no interior, com um cardápio regionalizado, feito por nutricionistas, que considera as diferentes culturas nos 27 territórios de identidade. Em 2024, estão assegurados R$ 410 milhões para o Programa de Alimentação Escolar nas instituições de ensino do Estado da Bahia, sendo R$ 318 milhões oriundos do Governo do Estado, e R$ 92 milhões do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), do Governo Federal.

Com o recurso total, são ofertadas 30 milhões de refeições, por mês, em 1.082 escolas estaduais e 674 anexos. Diariamente, são servidas cinco alimentações, desde o café da manhã até a ceia, para garantir a segurança alimentar dos estudantes, bem como contribuir para a aprendizagem e a sua permanência na escola.

Em muitas escolas, a ação se dá em parceria com a Agricultura Familiar, o que contribui, também, para movimentar as cadeias produtivas e a economia em toda a Bahia. Por decisão do Governo do Estado, a partir deste ano, 100% do valor repassado pelo Pnae deve ser investido na compra direta de produtos da Agricultura Familiar. Isso representa um avanço em relação à lei nacional, que prevê que, pelo menos, 30% dos recursos deste programa sejam utilizados na Agricultura Familiar.

Bolsa Presença

Fora do ambiente escolar, os estudantes também são apoiados para garantir sua alimentação e de sua família, por meio do Bolsa Presença. Em 2024, o Governo do Estado destinou R$ 635,9 milhões do orçamento para o programa. A estimativa é atender 370 mil famílias, de 415 mil estudantes da rede estadual, em condição de vulnerabilidade socioeconômica e com cadastro no CadÚnico.

O programa visa contribuir com a permanência do estudante na escola. Cada família beneficiada recebe R$ 150 por mês, acrescidos de R$ 50 a partir do segundo aluno matriculado.

O crédito da primeira parcela do Bolsa Presença, em 2024, será no mês de março, referente ao primeiro mês do ano letivo, que teve início no dia 19 de fevereiro, pois a concessão do benefício está vinculada, dentre outros critérios, à frequência escolar. Para ter acesso ao auxílio, é necessário, entre outras condições, que o aluno mantenha a frequência escolar mínima de 75%, assim como participe das avaliações nas escolas e que suas famílias estejam presentes nas atividades em que houver a necessidade de participação dos pais e/ou responsáveis. As famílias devem verificar se estão aptas a receber o Bolsa Presença acessando o endereço http://siadiante.educacao.ba.gov.br/bolsapresenca.

Sucesso Escolar

Integrando as iniciativas já citadas e outras adotadas pelo Estado para a área da educação, o projeto Sucesso Escolar foi criado com a finalidade de assegurar a permanência do aluno na escola até a conclusão dos estudos, evitando a evasão escolar. Trata-se de um conjunto de oportunidades oferecidas aos estudantes com maior vulnerabilidade no processo formativo –, o que coincide frequentemente com vulnerabilidade social –, para que tenham uma segunda chance de seguir e progredir no seu desenvolvimento escolar. A iniciativa do Governo da Bahia segue a premissa de que a escola é um ambiente que salva vidas e que deve servir como uma força positiva e acolhedora na trajetória dos estudantes, das famílias e da comunidade escolar, visando um futuro melhor e mais igualitário a todos.

Infraestrutura

Do início de 2023 até agora, o governo já entregou 39 novas unidades, localizadas no seguintes nos municípios: Amélia Rodrigues, Andaraí, Antônio Gonçalves, Aporá, Aracatu, Aramari, Barra do Choça, Bom Jesus da Serra, Boninal, Caculé, Central, Cipó, Crisópolis, Curaçá, Euclides da Cunha, Dias D’ avila, Feira de Santana(2), Formosa do Rio Preto, Ibicuí, Ilhéus, Iraquara, Itabuna, Itaparica, Jaguaripe, Jaguarari, Jiquiriça, Lapão, 02 Lauro de Freitas, Pindai, Prado, Quijingue, Presidente Dutra, São Francisco do Conde, 02 Salvador, Serrolândia e Tucano.

A proposta para este ano é ampliar os investimentos com o PAC Educação. Assim, aporta mais R$ 1,1 bilhão não só em escolas novas, mas em ampliação, modernização e reforma de estruturas antigas, implantação de equipamentos como quadras poliesportivas, por exemplo.

Água e saneamento

O avanço da Bahia na disponibilização dos serviços de saneamento básico para a população foi destaque no Censo 2022, divulgado na última sexta-feira (23), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo a pesquisa, 86,7% da população baiana é abastecida de água por rede. Em Salvador, o total chega a 99,5%. Os números revelam que quase 9 em cada 10 habitantes da Bahia tem, em seus domicílios, acesso à rede de água. A atuação da Embasa tem sido crucial para o desempenho positivo em todo o estado, no que se refere ao abastecimento de água, e, também, contribuiu para o alcance do serviço em todas as escolas estaduais.


Voluntárias Sociais entregam mil cestas básicas para creches e escolas comunitárias de Salvador e RMS


Voluntárias Sociais entregam mil cestas básicas para creches e escolas comunitárias de Salvador e RMS

A ação foi realizada em parceria com o Programa Bahia Sem Fome

Cerca de 30 gestores, assistentes sociais e representes de creches comunitárias de Salvador e região metropolitana estiveram nesta quarta-feira (21), no Palácio da Aclamação, em Salvador, para receber mil cestas básicas que vão atender crianças de 0 a 5 anos matriculadas nas creches e escolas comunitárias. Ação da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (Seades), das Voluntárias Sociais da Bahia e do Programa Bahia Sem Fome, a parceria também teve o objetivo de orientar os representantes das creches sobre a rede de proteção social do estado e facilitar o acesso das famílias a benefícios sociais.

A titular de Assistência e Desenvolvimento Social, Fabya Reis, explicou que o momento inaugura um trabalho transversal e integrado de assistência e de garantias de direitos para as mulheres, crianças e famílias assistidas. “Esse encontro tem o propósito de dialogar com todas as creches comunitárias, priorizando aquelas que ainda estão em processo de validação do seu credenciamento. O nosso cuidado é para que, junto com a chegada do acesso ao alimento na linha da política da segurança alimentar e nutricional, a gente também possa fazer com que eles integrem a rede de proteção social”, reforçou a secretária.

Para a presidente das Voluntárias Sociais, Tatiana Velloso, a parceria é uma oportunidade de ampliar o acesso à alimentação de qualidade em Salvador e Região Metropolitana, regiões que contam com o suporte da organização, por meio do projeto Mais Infância. “Essas creches são gerenciadas, principalmente, por mulheres. Elas também representam muito essa resistência das mulheres da periferia, garantindo uma condição importante, comunitária, popular, de uma gestão associativa e que traz então o tema da segurança alimentar”, frisou. Segundo ela, o programa Bahia Sem Fome vem fortalecer essa frente no estado com diversas iniciativas, para além de doação de alimentos, como a inclusão socioprodutiva, de orientação, de acesso às políticas públicas como direito e principalmente a dignidade e as condições de vida dessas famílias.

A assistente social Alessandra Souza, da Creche Escola Futura Geração, compartilhou que as orientações para inclusão das famílias das crianças atendidas por sua unidade escolar na rede de proteção do estado são essenciais para o trabalho realizado por sua creche, que funciona há 24 anos no bairro da Polêmica, em Salvador. “Esse projeto de inclusão é de grande relevância tanto para nós, da equipe da área de assistência, como para a equipe pedagógica. Hoje, a gente atende cerca de 250 crianças. Então, a todo momento, a gente está se qualificando para conseguir atender suas necessidades. Esse é um momento crucial, que transforma nossa atuação em cada creche e escola presente”.

Mais Infância

O Projeto Mais Infância, desenvolvido pelas Voluntárias Sociais da Bahia (VSBA), também realiza cursos mensais para ampliar e qualificar a experiência pedagógica de pais e crianças de creches e escolas comunitárias. Ao todo, são 130 creches que contam com o apoio da organização. Outras 117 crianças de 0 a 5 anos são atendidas pela creche da própria Voluntárias Sociais da Bahia, localizada no bairro do Lobato, em Salvador.

Fotos: Matheus Landim/GOVBA


Governo do Estado segue acompanhando situação dos municípios atingidos pelas chuvas e atua na liberação do tráfego nas rodovias baianas


Governo do Estado segue acompanhando situação dos municípios atingidos pelas chuvas e atua na liberação do tráfego nas rodovias baianas

O Governo do Estado segue acompanhando a situação dos municípios afetados pelas chuvas, que voltaram a cair em alguns municípios, nos últimos dias. Com base em informações recebidas das prefeituras, a Superintendência de Proteção e Defesa Civil da Bahia (Sudec) atualizou, nesta quarta-feira (21), os números referentes à população atingida pelas enchentes que ocorrem em municípios baianos. Até a situação presente, são 209 desabrigados, 3.995 desalojados e seis óbitos, em decorrência dos efeitos diretos do desastre.

Os números correspondem às ocorrências registradas em 55 municípios afetados. É importante destacar que, desse total, 35 estão com decreto de Situação de Emergência (SE), são eles: Anagé, Barra, Cansanção, Cícero Dantas, Contendas do Sincorá, Cotegipe, Cravolândia, Dário Meira, Ibicuí, Iguaí, Ilhéus, Itaju do Colônia, Lagoa Real, Medeiros Neto, Milagres, Monte Santo, Muquém do São Francisco, Mutuípe, Nova Canaã, Quijingue, São Miguel das Matas, Saubara, Ubaíra, Wanderley, Maiquinique, Nordestina, Valença, Itororó, Pedro Alexandre, Santa Luzia, Angical, Paulo Afonso, Apuarema, Boa Vista do Tupim e Feira de Santana.

Ainda de acordo com a Sudec, as informações estão sendo atualizadas diariamente, uma vez que as equipes das Coordenações Municipais de Proteção e Defesa Civil (Compdecs) e das secretarias municipais estão fazendo os levantamentos técnicos dos danos e prejuízos causados.

Melhorias no  tráfego

A Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra) também continua atuando para melhorar o tráfego nas regiões atingidas, já que as chuvas causam interdições em algumas rodovias baianas, desde o mês de janeiro. Até o momento foram registradas 36 ocorrências (entre pontos de atenção e trechos interditados total ou parcial), sendo que 14 já foram concluídas. Seguem abaixo os trechos com o tráfego interditado e parcialmente interditado.

Estradas com tráfego interditado

BA-513 – Maragogipe  – São Roque do Paraguaçu

O trecho já estava parcialmente interditado em decorrência das chuvas do início de fevereiro e com o desvio ativo. No entanto, o volume de água voltou a aumentar com as chuvas do sábado (17/02) e provocou a erosão do aterro, no ponto que estava interditado. Com a redução do nível da água, a Seinfra fez a inspeção técnica no local e verificou que o desvio tem condições de trafegabilidade. Os serviços de manutenção no ponto afetado estão programados, aguardando a melhoria das condições climáticas.

Pontilhão em Angical

Um dos encontros do pontilhão na estrada vicinal do município de Angical cedeu após rompimento da Barragem de Ouriçangas na madrugada desta segunda-feira (19) durante as fortes chuvas. O consórcio responsável pela manutenção da rodovia já foi acionado pela equipe técnica da Seinfra e já está transportando os equipamentos a fim de iniciar os serviços para implantação de desvio e liberação da passagem de veículos, que está interrompida.

BA-381 – Quijingue – Cansanção

Com as chuvas os encontros dos bueiros romperam na chuva do final de janeiro e o tráfego segue interditado na rodovia. Os serviços de recomposição do aterro no encontro dos bueiros foram iniciados nesta segunda-feira (19).

Estradas com tráfego meia pista

BA-144 – trecho BR242 – Lençóis

A cabeceira da ponte sobre o Rio São José, em Lençóis, ficou com erosões após as fortes chuvas desta terça-feira (21). A equipe de manutenção está se deslocando para o trecho para realizar serviços emergenciais. O trecho está sinalizado e o tráfego em meia pista.

BA-130 – trecho  Ibicuí – distrito de Itaiá (Firmino Alves)

Uma erosão foi registrada em um trecho da BA-130, entre Ibicuí e o distrito de Itaiá, após o rompimento do bueiro por conta do volume de chuva que atinge a região nesta terça-feira (21). Equipes do Batalhão de Polícia Rodoviário e de manutenção da Seinfra realizaram a sinalização do trecho para a segurança dos motoristas que trafegam pela região. Uma avaliação da situação também está em andamento. O tráfego, por enquanto, está em meia pista.

Ponte na BA-647, entre Palmeirinha e Aiquara

Uma erosão foi registrada em uma das cabeceiras da ponte sobre o Rio de Contas, entre Palmeirinha e Aiquara, na BA-647, por conta das chuvas na região no último domingo (18). A empresa responsável pela manutenção da rodovia já está realizando os serviços de manutenção para solucionar o problema. A passagem de veículos está em meia pista.

BA-130 – Ponto do Astério – Ibicuí – Nova Canaã – Iguaí – Poções

Um bueiro cedeu em decorrência das fortes chuvas na noite do dia 08/02 e parte da rodovia foi comprometida. O trecho em Ponto do Astério está sinalizado e com o apoio do Batalhão da Polícia Rodoviária. O tráfego segue liberado em meia pista, e com suporte de um desvio existente. A empresa de manutenção da UOP de Itapetinga está com os serviços de recuperação da rodovia em andamento.

Foto: Divulgação | Trecho da BA-144 – BR-242 – Lençóis, sinalizado


Com investimento de mais de R$ 161 milhões, novo Hospital Regional de Alagoinhas será construído pelo Governo do Estado


Cavalcanti e a complementação da Area externa do Estádio Municipal.

Entre outras ações realizadas em Alagoinhas, destacam-se a inauguração do Galpão de Frutas no Mercado Municipal e a entrega de 200 barracas para serem utilizadas no espaço e na feira municipal da cidade.

Repórter: Tácio Santos/GOVBA

 

Confira aqui a galeria de fotos desta matéria.