Banda Batifun faz do domingo de Carnaval palco do samba

Banda Batifun faz do domingo de Carnaval palco do samba Celebrando 26 anos de carreira em 2024, os músicos da banda Batifun foram a grande atração do Largo Quincas Berro d’Água na noite deste domingo de Carnaval (11). Com muito samba raiz e partido alto, a banda transformou o Pelourinho na apoteose do samba, contagiando … Leia Mais





Bell Marques inicia o arrastão da Quarta de Cinzas no Carnaval da Bahia

Bell Marques inicia o arrastão da Quarta de Cinzas no Carnaval da Bahia Com presença garantida pelo segundo ano consecutivo, Bell Marques abriu o já tradicional “Arrastão” da Quarta-Feira de Cinzas (14). Puxando um trio sem cordas, patrocinado pelo Governo do Estado, o artista atravessou o circuito Dodô (Barra-Ondina) carregando uma multidão de fãs. Para … Leia Mais


Carnaval termina sem morte violenta, com 36 presos pelo Reconhecimento Facial e 11 milhões de foliões nas ruas


Carnaval termina sem morte violenta, com 36 presos pelo Reconhecimento Facial e 11 milhões de foliões nas ruas

Balanço final da folia de 2024 foi apresentado na manhã desta quarta-feira (14), durante coletiva de imprensa

O Carnaval 2024 terminou na manhã desta quarta-feira (14), sem registro de morte violenta (homicídio, latrocínio, feminicídio e lesão dolosa seguida de morte) e com 36 foragidos da Justiça capturados com o auxílio do Sistema de Reconhecimento Facial da Secretaria da Segurança Pública (SSP). A ferramenta contabilizou também 11 milhões de foliões nas ruas, em Salvador. O Balanço Final foi apresentado durante coletiva de imprensa, promovida no Camarote da Polícia Militar, no bairro de Ondina.

Na coletiva, o governador Jerônimo Rodrigues fez uma avaliação positiva dos dados registrados durante os dias oficiais da festa. “Os números são muito gratificantes. Acaba sendo o reconhecimento daquilo que foi feito antes e durante o Carnaval. Fizemos a nossa parte, e o trabalho foi bastante planejado”, avaliou o chefe do Executivo, destacando que, desde o início das festas populares no começo do ano, as informações estavam sendo analisadas, para poder montar o plano de ação do Carnaval.

O titular da SPP, Marcelo Werner, reforçou que o tamanho da festa requer muito mais atenção das forças de segurança. “O Carnaval, por ser a maior festa de rua do mundo, é a operação mais complexa que existe em termos de segurança pública no país. E, esse ano, foi o maior dos últimos tempos”, apontou. Segundo Werner, a inovação das câmaras de segurança nos portais de abordagem, com a contagem de pessoas, foi fundamental. “Tomamos, nesses dias, corajosas posições em relação à segurança pública, visando à preservação da saúde e da vida dos foliões, como fechar temporariamente alguns circuitos. E faremos sempre que necessário para resguardar a integridade física das pessoas”, concluiu.

De acordo com a secretaria, no total, incluindo as festas em Porto Seguro e Barreiras, 36 foragidos da Justiça foram localizados pelas câmeras inteligentes. Eles possuíam mandados de prisão pelos crimes de homicídio, roubo, furto, tráfico de drogas, estupro, associação criminosa e dívida de pensão alimentícia. Em Salvador, ocorreram 34 prisões. O circuito com o maior número de foragidos localizados foi o Dodô (Barra/Ondina). Vinte pessoas com mandados de prisão foram capturadas pela Polícia.

No Osmar (Campo Grande), 10 procurados foram alcançados e, no Batatinha (Centro Histórico de Salvador), três acabaram presos. Fechando a lista, um foragido foi localizado no Carnaval de Cajazeiras, outro no evento em Porto Seguro e o último na folia em Barreiras.

Contagem de público

Cerca de 11 milhões de baianos e turistas curtiram as festas de Carnaval na capital baiana. Os Portais de Abordagem, instalados desde o Fuzuê, com suporte do Reconhecimento Facial, contabilizaram os acessos aos circuitos. O circuito Dodô (Barra/Ondina) teve 6,1 milhões de pessoas, o Osmar (Campo Grande) somou 3,7 milhões de foliões e o Batatinha computou cerca de um milhão de baianos e turistas.

No último dia do Carnaval, a SSP bloqueou o acesso de pessoas no Batatinha, por medida de segurança. Cerca de 200 mil foliões assistiram aos shows no Largo do Pelourinho e nas praças.

Portais de Abordagem

Os Portais de Abordagem impediram o acesso de 7.480 objetos perfurocortantes ou contundentes que podiam oferecer risco ao folião, em sua maioria facas. Pistolas de água também foram barradas na entrada da festa para evitar situações de importunação sexual.

Estatísticas

Nos dias de festa, não foram computados homicídios no circuito, uma redução de 100% quando comparado ao ano anterior. As tentativas de homicídio tiveram queda de 50%, com dois casos registrados. Foram contabilizadas ainda 91 ocorrências de lesões corporais.

O número de roubos teve queda de 23,4%, em relação à folia de 2023. Já os furtos registraram alta de 12,5%.

Durante toda a folia, aconteceram sete casos de racismo, 23 casos de violência contra a mulher, dois estupros, cinco casos de importunação sexual e um de LGBTQIAPN+fobia.


Fotos: Mateus Pereira/GOVBA


Carnaval da Bahia 2024 tem marca histórica, com três milhões de turistas e R$ 6,6 bilhões de receita


Carnaval da Bahia 2024 tem marca histórica, com três milhões de turistas e R$ 6,6 bilhões de receita

As estimativas da Secretaria de Turismo do Estado (Setur-BA) foram confirmadas, com o Carnaval da Bahia 2024 registrando resultados históricos. Cerca de três milhões de visitantes circularam em Salvador e 87 cidades do interior, onde a festa aconteceu neste período, por meio da Superintendência de Fomento ao Turismo (Sufotur). A movimentação recorde injetou R$ 6,6 bilhões na economia.

A rede hoteleira teve ocupação entre 95% e 100%, enquanto o aeroporto da capital baiana recebeu 26% a mais de voos, em comparação com o mesmo período do ano passado. Os principais polos emissores nacionais foram São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Buenos Aires (Argentina) liderou a emissão internacional, que incluiu a operação do voo fretado de Varsóvia (Polônia). No porto de Salvador, atracaram três navios de cruzeiro, que trouxeram 18 mil passageiros.

O titular da pasta, Maurício Bacelar, ressalta que os números do turismo são resultado da preparação do Governo Estado para a festa. “O Carnaval é uma atividade transversal. São muitos os atores que contribuíram para os resultados virtuosos, tanto na alegria como na economia. Iniciamos as ações da secretaria com receptivos nos principais portões de entrada e em sete pontos da cidade, a fim de criar empatia e acolhimento aos visitantes”, apontou o secretário. Segundo ele, o trabalho tem impacto, também, depois da festa, “Muitas pessoas voltam para conhecer outros atrativos nas 13 zonas turísticas baianas”, completou Bacelar.

Os turistas brasileiros e estrangeiros contaram com receptivo especial e atendimento da Setur-BA, em Salvador (porto, rodoviária, aeroporto, circuitos da folia e 11 hotéis), com uma equipe de guias de turismo, agentes de informação e intérpretes, além de rede Wi-Fi gratuita no Pelourinho. Foi iniciada ainda pesquisa sobre o perfil do visitante, atividades durante a viagem e avaliação dos serviços, realizada em Salvador, Camaçari (Arembepe e Guarajuba), Mata de São João (Praia do Forte), Lençóis e Porto Seguro. Foram atendidas 5.380 pessoas: 80% de origem nacional e 20% internacional; 51% do público foram de mulheres, 43% de homens e 6% de não-binários. De acordo com a Setur, os dados vão basear as ações futuras de promoção do destino Bahia.

Nesta quarta-feira de Cinzas (14) e quinta (15), a Setur-BA realiza, no aeroporto e na rodoviária de Salvador, a ação promocional “ Até Breve”, com trio de forró e dançarinos, convidando os turistas para o São João da Bahia.

“Reconhecemos a grandeza do Carnaval de Salvador. Mas, não abrimos mão de destacar o Carnaval da Bahia, porque no interior as pessoas também fazem uma grande festa, com muita tranquilidade, e os números comprovam isso”, afirmou o governador Jerônimo Rodrigues durante a coletiva para apresentação do balanço geral do Carnaval da Bahia 2024, na manhã desta quarta (14).

Saúde

Com um aporte de mais de R$ 3,7 milhões na festa deste ano, a Secretaria da Saúde (Sesab) estabeleceu 2.129 plantões médicos, de equipes de apoio institucional e de fiscalização, reforçando a assistência aos cidadãos. Foram colocados em operações o Centro de Atendimento a Múltiplas Vítimas, no HGE, e o Serviço de Atendimento às Mulheres Expostas à Violência Sexual (AME), no Hospital da Mulher. Também montou ações de comunicação, levando informações através de peças publicitárias, e ainda distribuiu quase um milhão de preservativos.

O balanço da Sesab indica ainda que, de quinta (8) até esta quarta-feira (14), foram registradas 127 ocorrências médicas, de média e alta complexidade, mas sem gravidades maiores. Foram ainda coletadas 1.053 bolsas de sangue e 13 estabelecimentos foram fiscalizados pela Corregedoria da Saúde.

“Considerando um universo de 11 milhões de pessoas passando pelos circuitos oficiais, o resultado é bastante positivo. E isso se deve ao trabalho integrado entre as secretarias de Saúde e Segurança Pública, município e Samu. Vale ressaltar que sempre trabalhamos para que não tenha nenhum caso, pois a gente quer que todo mundo vá e volte com tranquilidade”, afirmou a secretária de Saúde, Roberta Santana.

Desde o início das festividades, os foliões tiveram à disposição postos de testagem rápida para infecções sexualmente transmissíveis (IST). Até esta quarta-feira (14), os espaços instalados nos bairros Ondina e Barra, na capital, e na cidade de Porto Seguro, realizaram 11.805 mil exames, com 236 casos positivos. Desses, 199 foram para sífilis e 51 pessoas iniciaram o tratamento imediatamente.

“Isso mostra a necessidade de uma atuação efetiva, o fortalecimento da testagem rápida nos postos de saúde e nas UBS, para que a gente intensifique o trabalho de prevenção”, complementou Roberta Santana.


Fotos: Mateus Pereira/GOVBA


Foliões contaram com diversos serviços e assistência durante o Carnaval


Foliões contaram com diversos serviços e assistência durante o Carnaval

O Carnaval 2024 da Bahia foi sucesso em todas as áreas de atuação do Governo do Estado. Durante os dias oficiais de folia em Salvador, foram disponibilizados diversos serviços nas proximidades dos circuitos tradicionais, dos mais variados setores: saúde, justiça e direitos humanos, turismo, promoção da igualdade, de trabalho e renda,

Desenvolvimento social.

Os números apresentados pelas pastas dão indicativo positivo das ações integradas. Para o vice-governador e coordenador do Carnaval pelo segundo ano consecutivo, Geraldo Júnior, o se sentimento é de dever cumprido. “O balanço traz ótimos resultados, e a segurança pública demonstra isso. Esse Carnaval teve um fortalecimento do turismo, gerou emprego e renda e uma grande movimentação econômica, bem como foi um alerta para políticas públicas sociais e de inclusão”, afirmou.

Geraldo ainda ressaltou o tom democrático desta edição, com o grande número de atrações que puxaram trio sem cordas. “Foi um Carnaval para todos. Para quem pode pagar o camarote e bloco, mas também para aqueles que não podem. Foi uma festa para a pipoca”, completou o coordenador do Carnaval.

Justiça e Direitos Humanos

Para garantir os direitos de crianças e adolescentes, pessoas com deficiência e idosas, consumidores, população LGBTQIAPN++, combate ao tráfico de pessoas, entre outros públicos vulneráveis, a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH) montou o Plantão Integrado. Instalada no prédio da Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), a iniciativa congregou mais de 30 instituições públicas, dos governos federal, estadual e municipal e da sociedade civil que compõem o Comitê de Proteção Integral dos Direitos Humanos em Eventos Populares, para atuarem de forma conjunta na proteção e defesa dos direitos humanos.

Dados divulgados na terça-feira (13) apontam para o registro de 2.173 ocorrências relacionadas a diferentes situações de desrespeito aos direitos durante o Carnaval. O secretário Felipe Freitas lembra que, aliado ao posto fixo, foram criadas equipes móveis, compostas por 170 profissionais, que circularam pelos circuitos. “Nossas equipes volantes estiveram circulando durante a festa e identificando casos de violação de direitos, dando encaminhamentos, no sentido de viabilizar que essas pessoas possam ser acolhidas pelo Estado quando passarem por uma situação de violência e discriminação”, explicou Freitas.

Segundo ele, foram mais de duas mil pessoas atendidas e abordadas durante todos os dias de festa. Os casos foram encaminhados. Para o titular da SJDH, o aumento da produtividade da pasta é reflexo do trabalho conjunto com outras secretarias e o sistema judiciário.

Meio Ambiente

Dados do inventário produzido pela Secretaria do Meio Ambiente (Sema) indicam que durante os dias oficiais de Carnaval foram gerados cerca de 30 mil toneladas de CO². Ainda de acordo com o relatório, para mitigar essa situação será necessário o plantio de 100 mil mudas em 65 hectares.

Os dados para a elaboração do inventário consideraram o aumento do fluxo de aviões chegando e saindo da cidade, o deslocamento dos turistas dentro da cidade, dos soteropolitanos e dos trabalhadores nos dias da festa; a geração de toneladas de resíduos sólidos e efluentes líquidos, além do elevado consumo de energia nos camarotes, hotéis e demais estruturas da cidade.

Setre

Outro ponto importante para a redução de danos ao meio ambiente é o destino correto de materiais descartados durante a folia. Em uma parceria entre a Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) e a Sema, foram montados 10 pontos de apoio a catadores de material reciclável para facilitar a arrecadação e compensar esses profissionais pelo trabalho.

Durante os seis dias de folia, foram coletadas 170 toneladas de materiais recicláveis, entre alumínio e plástico. Número 20% superior ao do ano passado, quando foram retiradas 143 toneladas de resíduos recicláveis e beneficiados 1.800 catadores. Este ano, foram cadastrados e beneficiados 2.500 catadores, de 16 cooperativas. Cada assistido ganhou equipamentos de proteção individual (EPI), como luva, bota, calça, camisa, protetor auricular e mochila.

O recurso destinado pelo Governo do Estado foi de aproximadamente R$ 3,2 milhões. O diretor-administrativo da Cooperguary, Genivaldo Ribeiro, conhecido como Tico, fala da parceria com o governo do estado, através da Setre. Ele considera fundamental esta união de esforços. “O governo tem sido parceiro dos catadores, assim como das cooperativas. Sem o apoio do governo, a gente não consegue levar essa estrutura e essa dignidade para que possam desenvolver o trabalho. Com isso, todo mundo ganha, principalmente o meio ambiente”, afirmou Tico.

Segundo o diretor, o objetivo é retirar, que esse material vá para o aterro sanitário, e não para a rua. “A gente consegue fazer isso e ainda levar dignidade e uma boa remuneração, tanto para os catadores, quanto para os cooperados”, concluiu.

Promoção da Igualdade

A Secretaria de Promoção da Igualdade Racial e dos Povos e Comunidades Tradicionais (Sepromi) também participou da festa, com o Centro de Referência de Combate ao Racismo e à Intolerância Religiosa Nelson Mandela. O serviço funcionou no Circuito Dodô, Barra/Ondina, com um posto fixo, e outro no Plantão Integrado, localizado na sede do Procon, na Rua Carlos Gomes. Tem ainda a unidade móvel estacionada na Praça Municipal. O órgão atuou ainda no Carnaval de bairros.

A previsão é que 300 pessoas tenham passado pelas unidades fixas e móveis, recebendo informação e prestando queixa. Mércia Barata, superintendente de Promoção da Igualdade Racial, explica que os profissionais que atuam no serviço foram treinados para acolher as vítimas de racismo e intolerância religiosa. “Eles fazem os encaminhamentos e os atendimento psicossocial, além de dar os encaminhamentos jurídicos e orientações necessárias para o registro da denúncia”.

SPM

A Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) evidenciou a luta contra a misoginia e a violência de gênero durante todos os dias de Carnaval, com ações promovidas para garantir a proteção e a igualdade de gênero durante a folia. Nos seis dias, foram registrados nove atendimentos psicossociais, duas orientações jurídicas, quatro encaminhamentos para a Rede, que une Saúde e a Casa da Mulher Brasileira, e 130 orientações sobre a lei de importunação sexual.

As ações incluíram a ativação da campanha Laço Branco, com distribuição de pulseiras nos blocos com grande concentração de público masculino; o Bloco Oxe, me respeite!; ações do programa “Cuidar de Quem Cuida”, destinadas às mulheres catadoras de materiais recicláveis nos circuitos, e distribuição de material de sensibilização. A SPM também realizou campanha de sensibilização no interior da Bahia.

Seades

A Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (Seades) atuou todos os dias no Carnaval 2024, com ações de proteção social e cuidado, integrando o conjunto de serviços ofertados pelo Governo do Estado na atenção aos públicos em situação de vulnerabilidade.

Dentre as principais iniciativas estão a campanha de enfrentamento ao trabalho infantil e à exploração sexual de crianças e adolescentes, a distribuição de material informativo e ações de divulgação em redes sociais, além de pontos estratégicos de circulação de baianos e turistas.

Neste tema, foram 16,7 mil pessoas abordadas e mais de 24 mil materiais de sensibilização e outros itens distribuídos nos circuitos. A mobilização contou com outdoor, spot e peças de internet.

Por meio de equipes espalhadas na festa, a Seades procedeu 153 encaminhamentos de casos de violação de direitos à rede de órgãos responsáveis diretamente pelo atendimento.

O programa Corra pro Abraço, através de equipe multidisciplinar, contabilizou 1,8 mil atendimentos a pessoas em situação de rua em cerca de 20 bairros ou localidades do Centro Histórico, realizando a entrega de insumos de redução de danos, a exemplo água mineral, preservativos e itens de higiene. Também atuou em regime de plantão no Centro de Referência Maria Lúcia Pereira e na Vara de Audiência de Custódia.

A Seades também apoiou a campanha Carnaval sem Fome, organizada pela Ação da Cidadania, e na parceria com a Setre e Sema para realização da ação EcoFolia Solidária, em fortalecimento ao trabalho dos catadores e catadoras de materiais recicláveis.

Cultura

O Carnaval Ouro Negro 2024, promovido pela Secretaria de Cultura, teve o maior investimento da história, com cerca de R$ 15 milhões destinados às manifestações culturais da diáspora na Bahia. O valor é o dobro do aportado na edição anterior. Esse ano, 132 propostas foram contempladas, 70 a mais em relação a 2023. Além dos tradicionais circuitos Dodô, Osmar e Batatatinha, as agremiações também desfilaram nos circuitos Orlando Tapajós, Sérgio Bezerra, Riachão, Mestre Bimba e Mãe Hilda Jitolú. Também houve apresentações nos palcos montados nos largos do Pelourinho.

O secretário Bruno Monteiro reforça a diversidade da festa. “Tivemos um Carnaval histórico do ponto de vista da diversidade cultural, cheio de símbolos que foram produzidos em homenagem aos 50 anos dos blocos afro. Um Carnaval que nos surpreende pela maior participação, com as pessoas – de crianças a idosos – cada vez mais nas ruas, se apropriando dessa festa”, pontuou o titular da Secult.

Detran

Em parceria com a Polícia Militar, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) organizou dois pontos diários da Operação Lei Seca nos arredores dos circuitos. Estas ações resultaram em mais de três mil pessoas abordadas, 2.300 testes de etilômetro (bafômetros) realizados, 200 recusas e dois resultados positivos. Durante as operações, dois condutores foram presos em flagrante e encaminhados à delegacia. Um por receptação de motocicleta com restrição de furto e roubo e portando documentos falsos e o outro por ter apresentado quantidade acima de 0,34 mg/litro alveolar, o que se configura crime de trânsito, segundo o Artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro.

Mais de 300 trios foram vistoriados e autorizados a atuar no circuito, quando passaram por novas averiguações. Cerca de 300 motoristas participaram do seminário de condutores de trios e carros de apoio com atualização sobre boas práticas e comportamento na folia.

Os agentes do órgão interagiram através de ventarolas educativas com oito mil condutores e pedestres nos dias de folia em diversos pontos da cidade: Ondina, Centro Histórico, São Marcos, Pau da Lima, Pau Miúdo, Cajazeiras, Liberdade, Largo do Tanque e São Caetano.

PGE

A Procuradoria Geral do Estado da Bahia (PGE-BA) desempenhou um importante papel durante o período de plantão, atendendo as demandas emergenciais da Administração Pública. O órgão prestou orientação jurídica aos gestores e à tomada de medidas administrativas ou processuais urgentes, cujas consequências, em razão da demora na atuação funcional, podiam ensejar risco de grave prejuízo ou de difícil reparação.

Foram prestadas orientações de cumprimento de 19 decisões liminares e duas decisões definitivas judiciais; reunião com a Casa Civil preparatória à ida do Governador a Teixeira de Freitas, com provável encontro com lideranças dos movimentos pela terra; reunião com a Defensoria Pública para avaliação sobre o Carnaval e assessoramento à Secretaria de Segurança Pública.


Fotos: Matheus Landim/GOVBA


Em Manoel Vitorino, Governo intensifica apoio aos municípios afetados pela estiagem


Em Manoel Vitorino, Governo intensifica apoio aos municípios afetados pela estiagem

Além da distribuição de sacas de milho, foi inaugurada passagem molhada e autorizada ampliação do sistema de abastecimento do município

Na tarde desta quarta-feira (14), o governador Jerônimo Rodrigues visitou o município de Manoel Vitorino, região do semiárido baiano, para integrar uma caravana de apoio aos municípios afetados pela estiagem na região. Acompanhado pelo secretário de Desenvolvimento Rural do Estado da Bahia (SDR), Osni Cardoso, e pelo diretor-presidente da Companhia de Desenvolvimento Regional (CAR), Jeandro Ribeiro, e demais autoridades, Jerônimo entregou 1.250 sacas de milho, além de oito tanques-pipa e uma passagem molhada.

Por meio da CAR, que é vinculada à SDR, foram realizadas diversas iniciativas que visam mitigar as dificuldades enfrentadas pelas famílias rurais. O governador pontua que mesmo durante o Carnaval, manteve as ações e visitas aos municípios em situação de emergência, tanto em decorrência das fortes chuvas, quanto pela estiagem. “Visitei municípios castigados pelas chuvas, fizemos anúncios em relação a esses municípios, e hoje aqui já é uma segunda agenda de entregas em municípios castigados pelas estiagens. Mesmo tendo chovido, não deu tempo para a produção das mangas, dos pastos para rebrotar a alimentação animal”, explicou Jerônimo.

Para garantir a segurança alimentar dos rebanhos caprinos, ovinos e bovinos, que são a base econômica de muitas famílias da região, foram entregues durante a visita do governador, 150 sacas de milho para o município de Boa Nova, 385 para Jequié e outros 715 para Manoel Vitorino, totalizando um investimento de mais de R$ 118 mil.

Durante sua visita, Jerônimo Rodrigues também descerrou uma placa simbólica da inauguração da passagem molhada na localidade do Ribeirão do Peixe, situada a 70 quilômetros da sede municipal. A obra recebeu um investimento total de mais de R$ 990 mil e beneficiou diretamente 150 famílias da região, proporcionando melhores condições de acesso à água e facilitando o escoamento da produção agrícola local.

Jeandro Ribeiro destaca os investimentos estruturantes do Estado para o desenvolvimento da agricultura familiar na região. “As entregas de hoje não são só para a Manoel Vitorino, mas para todo o território médio-sudoeste da Bahia. Os três municípios que estavam com decreto de emergência estão recebendo milho e estão aptos a fazer o convênio para abastecer os carros-pipa. Esses municípios também compõem o grupo de 205 municípios, que receberão 212 mil sacas de milho, mais de R$ 20 milhões investidos só nessa ação”, afirmou.

Além disso, foram distribuídos oito tanques-pipas para as prefeituras de Manoel Vitorino, Caetanos, Mirante, Poções, Planalto, Nova Canaã, Barra do Choça e Bom Jesus da Serra. No total, foram aplicados recursos da ordem de R$ 368,9 mil, para aquisição dos equipamentos que ajudam no abastecimento de água potável nas comunidades rurais, garantindo não apenas o consumo humano, mas também o bem-estar dos animais e o desenvolvimento das atividades agrícolas locais.

Sobre o abastecimento de água em Manoel Vitorino, o governador autorizou importantes iniciativas para o município e seus distritos, uma vez que o sistema já está em colapso, em decorrência do rápido crescimento da cidade. Para atender aos pleitos da população de Manoel Vitorino, Jerônimo ainda autorizou a SIHS, por intermédio da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), a iniciar o processo licitatório para ampliação do Sistema de Abastecimento de Água de Manoel Vitorino. O governador também autorizou a ampliação e melhoria do Sistema de Abastecimento de Água do distrito de Catingal e a extensão da rede de abastecimento de água do povoado de Salgado.

“A Embasa correrá com a elaboração do projeto de licitação, mas se comprometeu em resolver o problema até o final da semana, e eu acompanharei isso”, declarou Jerônimo.

Além das entregas já realizadas, o governador também autorizou a SDR/CAR, em parceria com o Consórcio Intermunicipal do Sudoeste da Bahia (Cisudoeste), a dar início às obras de limpeza e requalificação de aguadas nos municípios de Bom Jesus da Serra, Caetanos, Manoel Vitorino e Mirante. A iniciativa representa um investimento total de R$ 500 mil. A previsão de início das intervenções é a primeira quinzena de março.

O governador autorizou ainda a SDR a formalizar convênio com o consórcio Cisudoeste, para a construção de quatro pequenos barramentos, na comunidade de Duas Irmãs, em Manoel Vitorino. A CAR ainda foi autorizada também a adotar as providências necessárias para cessão de 47 caixas d’água de 10 mil litros para o município, contemplando 47 famílias da Associação Comunitária dos Pequenos Produtores do Povoado de Boa vista.

Jerônimo também autorizou a Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) a elaborar um projeto para pavimentação asfáltica em ruas de Manoel Vitorino, totalizando 6,5 km de extensão.

Situação de emergência

No contexto da seca que assola a Bahia, o município de Manoel Vitorino enfrenta desafios significativos. Em resposta às adversidades climáticas, o governo municipal emitiu o Decreto Municipal de Estiagem nº 70, declarando a situação de emergência pelo período de 180 dias. Tal medida foi ratificada pelo Governo, conforme homologação do Decreto nº 22.384, publicado no Diário Oficial do Estado em 9 de novembro de 2023.

Além disso, o reconhecimento do Governo Federal, por meio da Portaria 3602 de 22 de novembro de 2023, ressalta a gravidade da situação e a necessidade de ações efetivas para mitigar os impactos da estiagem sobre a população local.

Fotos: Feijão Almeida/GOVBA


Governo do Estado mantém mobilização e apoio aos municípios atingidos pelas chuvas na Bahia


Governo do Estado mantém mobilização e apoio aos municípios atingidos pelas chuvas na Bahia

O Governo do Estado segue mobilizado para atender as demandas de emergência dos municípios atingidos pelas chuvas em diversas regiões da Bahia. Órgãos e secretarias estaduais estão trabalhando de forma integrada para prestar apoio e dar suporte à população baiana que foi afetada nesses últimos dias, e também permanecem com monitoramento em tempo real da situação de cada cidade.  Com base em informações recebidas das prefeituras, a Superintendência de Proteção e Defesa Civil da Bahia (Sudec) atualizou, nesta quinta-feira (1º), os números referentes às pessoas atingidas pelas enchentes.

Até a situação presente, são 572 desabrigados e 9.842 desalojados em decorrência dos efeitos diretos do desastre. O número total de afetados chega a cerca de 115 mil. Até o momento, foram contabilizados cinco óbitos.

Os números correspondem às ocorrências registradas em 33 municípios afetados. É importante destacar que, desse total, 23 estão com decreto de Situação de Emergência, são eles: Dário Meira, Cotegipe, Ilhéus, Medeiros Neto, Ibicuí, Anagé, Muquém do São Francisco, Quinjingue, Wanderley, Ubaíra, Nova Canaã, Saubara, Iguaí, Lagoa Real, Cícero Dantas, Cansanção, Cravolândia, São Miguel das Matas, Monte Santo, Contendas do Sincorá, Mutuípe, Barra e Itaju do Colônia.

Atuação do Corpo de Bombeiros

O 17º BBM (Batalhão de Bombeiro Militar), bem como os PMs do Graer, continuam atuando nas cidades de Wanderley, Cotegipe e em Muquém do São Francisco. No município de Wanderley, as equipes do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia auxiliaram na distribuição e logística da entrega das cestas básicas e fardos de água, enviados pelo Governo do Estado. O Graer realizou entrega de 139 cestas básicas para as comunidades de Goiabeira, Baboseira, Riacho de Sacutiaba, Sacutiaba, Porto da Ilha, Lagoa da Onça, Riacho Grande, Poço da Onça e Vereda.

Na cidade de Muquém do São Francisco os bombeiros militares do 17º BBM estão realizando orientações, monitoramento, distribuição de cestas básicas e colchões

SEC oferece alimentação e abrigo

Para atender moradores de áreas afetadas pelas fortes chuvas que causaram prejuízos em diferentes regiões, a Secretaria da Educação do Estado (SEC) tem disponibilizado abrigo e alimentação. A ação faz parte da força-tarefa do Governo da Bahia em uma operação de emergência para auxiliar as cidades onde os temporais causaram maiores danos.

No município de Medeiros Neto, que fica no extremo sul baiano, o Centro de Educação Profissional (Cetep) já distribuiu, de sábado até esta quinta, quase 1.500 refeições para 120 pessoas desabrigadas. Nos primeiros dias, os alimentos eram feitos na própria cozinha da escola, mas, para facilitar a logística, desde terça (30), o preparo das refeições está acontecendo na Escola Municipal Humberto de Alencar, situada na sede da cidade.

O Cetep, em parceria com a prefeitura local, também está apoiando na produção da alimentação através da disponibilização de gêneros alimentícios, gás de cozinha e embalagens para as marmitas.

O Colégio Estadual de Dário Meira, no sul do estado, está servindo de alojamento para as famílias que ficaram desabrigadas. Seis famílias foram acolhidas no espaço da escola.

No início desta semana, a SEC também iniciou uma campanha entre os seus servidores da sede do órgão com o objetivo de arrecadar itens, como alimentos não perecíveis, vestuários, roupas de cama, colchões, produtos de limpeza e de higiene pessoal, que serão enviados para a população mais afetada pelas chuvas.

Rodovias afetadas

A Secretaria de Infraestrutura da Bahia (Seinfra/SIT) realiza o monitoramento das rodovias das regiões Sul, Sudoeste, Oeste e Nordeste diante das ocorrências das chuvas desde a última quarta-feira (24). Até o momento foram registradas 29 ocorrências, sendo que seis já foram concluídas.

*Estradas com tráfego interditado*

BA-449 – Cotegipe – Distrito de Jupaguá – As fortes chuvas que ocorreram no Oeste Baiano ocasionaram o colapso de 02 Pontes na BA-449, entre Cotegipe e o Distrito de Jupaguá, KM 49 e 50 próximo à comunidade do Alto Araguaia.

Entr. BA-120 – Distritos de Caldeirão de Areia / Lagoa das Pedras / Riacho da Onça, em Monte Santo – O volume das chuvas na região, agravado pelo rompimento de barragens antes da rodovia, provocaram o rompimento de um segmento do Acesso ao povoado de Caldeirão de Areia e a invasão da pista em um segmento do Acesso a Riacho da Onça, ambos no município de Monte Santo. A empresa responsável pela construção do acesso foi acionada para sinalização e interdição do trecho. Também está em andamento a execução de desvio para permitir a passagem de veículos no acesso aos povoados.

Muquém do São Francisco – Ent. BA- 161 – Boa Vista do Pixaim – As fortes chuvas que caíram na região nos últimos dias provocaram a elevação do nível d’água em um dos afluentes do Rio São Francisco, invadindo a Rodovia de Acesso ao Distrito de Boa Vista do Pixaim (Muquém do São Francisco) e, interdição em dois pontos: no Acesso de Muquém à rodovia BA-161 e na transposição sobre o Riacho Alegre, locais onde serão construídas duas pontes (projetos em elaboração pela Seinfra). Observamos que o principal acesso do município à BR-242 está com tráfego normal pela rodovia BA-172. Como a obra de pavimentação do acesso estava em andamento, a empresa foi acionada para resolução da situação.

Na sede do município Muquém do São Francisco houve a elevação do nível d’água e o alagamento no centro da cidade. A empresa responsável pela manutenção da UOP da região foi acionada e está executando uma valeta natural com escavadeira hidráulica pra escoar a água do principal alagamento da cidade.

Ent. BA-210 – Povoado de Correnteza (Sobradinho) – O grande volume das chuvas em Sobradinho elevou o nível de água provocando a transposição sobre uma passagem molhada localizada sobre o Riacho do Tatauí. Também houve o rompimento do corpo de aterro no km 2,5 ocasionando a interrupção do tráfego. Não há isolamento do distrito de Correnteza, mas um desvio pelo trecho comunidade da Barrinha onde se utiliza a ponte sobre o Riacho do Tatauí, recém-construída pela Seinfra, dando acesso à BA-210.

Estradas com tráfego meia pista

BA-381 – Cansanção – Itiúba – O volume das chuvas na região provocou a elevação do nível d’água em um dos afluentes do rio Jacurial, no KM 79 da Rodovia BA-381, trecho: Cansanção – Itiúba. Após inspeção local, foi constatado que a elevação do afluente provocou erosões no bordo da rodovia. A empresa responsável pela manutenção de Senhor do Bonfim foi acionada para intervenção. A sinalização de tráfego em meia pista já foi feita e recuperação do corpo de aterro está em andamento. Previsão de conclusão na 1ª quinzena fevereiro/24.

BA-262 – Nova Canaã – Poções – O trecho da Serra do Capa Bode foi afetado pelas fortes chuvas e está com tráfego meia pista em decorrência do aumento da erosão já existente no local. O consórcio Público CISudoeste foi acionado para reforço da sinalização do trecho.

BA-404 – Cipó – Buri – O volume das chuvas na região provocou a elevação do nível d’água em um dos afluentes do rio Itapicuru. A elevação provocou interdição do trecho e danos no bordo do pavimento. A obra de pavimentação no acesso à localidade de Buri ainda está em execução e a empresa foi acionada para correção dos bordos do pavimento e reforço da drenagem de talvegue (bueiro). A previsão de conclusão é no mês de março.

Tráfego liberado

Ent. BA-052 – Povoado de Jaguara (Feira de Santana)

BA-262 – Ilhéus – Uruçuca – Entroncamento BR-101

BA-381 – Quijingue – Algodões

BA-026 – Santo Antônio – Amargosa

BA-849 – Entr. BR-242 – Palmeiras

BA-046 – Ruy Barbosa – Utinga

Pontos de atenção

A Seinfra está com monitoramento presente nos 15 trechos abaixo:

BA-262 –Anagé – Aracatu (Povoado de Jibóia) – A transposição do rio sobre a pista provocou a destruição das bocas e uma erosão na saída do bueiro. O trecho está sinalizado e a recuperação da erosão do bueiro está em andamento com previsão de conclusão na primeira quinzena fevereiro/24.

Cotegipe – Zona Rural de Tabua – Em razão das Fortes Chuvas que ocorreram no Oeste Baiano, um pontilhão na zona rural de Cotegipe, próximo à comunidade de Tabua ficou submerso, apresentando deficiência para transposição das águas.

BA-465 – Cotegipe – Missão do Aricobé (Angical) – Em razão das fortes chuvas que ocorreram no Oeste Baiano, um pontilhão na BA-465, no povoado de Vaquetal, ficou submerso, apresentando deficiência para transposição das águas.

BA-120 – Cravolândia – 3 Braços – As fortes chuvas da região provocaram pontos de alagamento e dificuldades de trafegabilidade na Rodovia BA-120, trecho não pavimentado. Serão realizados serviços de melhoramento no trecho até a segunda quinzena de fevereiro.

BA-503 – Feira de Santana – Coração de Maria – As fortes chuvas da região provocaram erosão no borda da Rodovia BA-503, Feira de Santana (FSA) – Coração de Maria, próximo ao Bairro de Santo Antônio dos Prazeres (FSA).  O trecho está sinalizado e a recomposição do aterro está em andamento com previsão de conclusão até 07/02/2024.

Acesso aos povoados de Jacu, Barro Branco e Rio das Pombas (Nova Canaã) – Em razão das fortes chuvas ocorreu o colapso de uma Ponte sobre o Rio das Pombas.

BA-381 – Quijingue – Cansanção – As fortes chuvas da região provocaram pontos de alagamento e dificuldades de trafegabilidade na Rodovia BA-381, trecho não pavimentado.

Wanderley – Povoado da Goiabeira – As fortes chuvas que atingiram a região durante o mês de janeiro provocaram pontos de alagamento e dificuldades de trafegabilidade. A empresa contratada para execução dos serviços de revestimento primário já foi acionada para realização de patrolamento e melhoramento em pontos localizados.

BA-839 – Passagem Urbana da BA-839, em Wanderley – A ponte de madeira existente ficou danificada com as fortes chuvas. A Seinfra está atualizando o orçamento do projeto de construção de Ponte sobre o Riacho Tijucuçu no acesso a BA839 em Wanderley.

BR-242 – Castro Alves – Entroncamento BR-116 (Paraguaçu) – A transposição do riacho sobre a pista provocou a destruição de parte do acostamento e uma erosão na saída dos bueiros. A sinalização de tráfego foi realizada e a recuperação da erosão do bueiro tem previsão para a primeira quinzena fevereiro/24.

BA-120 – Itapé – Itaju do Colônia – As fortes chuvas da região provocaram pontos de alagamento e abatimento, mas sem interdição na rodovia. A empresa responsável aguarda melhora das condições climáticas para realização dos serviços.

BA-558 – Jequié – Distrito de Itajuru – O trecho está sinalizado em decorrência de uma erosão causada pela água do Rio de Contas no KM 17,60, próximo a Tamarindo. A inspeção já foi realizada no trecho e detectou pontos alagados, erosão e desmoronamentos parciais de talude de corte também nos quilômetros 11,4 , 13,3 e 15,60. Serviços de manutenção estão em andamento com previsão de conclusão até 15 de fevereiro.

Acesso ao Distrito de Itabaí (Macarani) – O grande volume de água cobriu o desvio implantado enquanto a obra de restauração da ponte está em execução. A empresa responsável pela manutenção foi deslocada para o local. Após inspeção realizada nessa segunda (29), foi constatada a redução do nível do rio, possibilitando a passagem sobre o desvio. A obra de construção da ponte segue em andamento com previsão de conclusão em abril.

Acesso Caeté Açu (Vale do Capão) – Palmeiras – As fortes chuvas da região provocaram pontos de alagamento e dificuldades de trafegabilidade. A empresa contratada para execução dos serviços de pavimentação realiza ações de melhoramento com conclusão prevista para primeira quinzena de fevereiro.

BA-263 – Vitória da Conquista – Itambé – As fortes chuvas da região provocaram a elevação do nível d’água de uma barragem situada na fazenda Beija-flor, às margens da BA-263, entre Vitória da Conquista e a Serra do Marçal, e o grande fluxo de água provocou uma erosão na BA-263 na saída do bueiro que atravessa a rodovia. A empresa responsável pela manutenção da BA-263 foi acionada pela Seinfra e a recuperação do aterro será iniciada ainda neste mês de fevereiro.

Foto ilustrativa: Divulgação