Ponte Salvador-Itaparica: começa montagem de plataforma para sondagem em Vera Cruz

Ponte Salvador-Itaparica: começa montagem de plataforma para sondagem em Vera Cruz Uma plataforma que está sendo montada na beira do mar no município de Vera Cruz, na Ilha de Itaparica, vai ser utilizada nos próximos dias na atividade de sondagem da Ponte Salvador-Itaparica. De acordo com a Concessionária responsável pela implantação da ponte, nesta plataforma … Leia Mais




Governo atualiza número de municípios afetados pelas chuvas e monitora ocorrências nas rodovias baianas

Governo atualiza número de municípios afetados pelas chuvas e monitora ocorrências nas rodovias baianas O Governo do Estado segue mobilizado no apoio aos municípios atingidos pelas fortes chuvas em diversas regiões da Bahia. Com base em informações recebidas das Prefeituras, a Superintendência de Proteção e Defesa Civil da Bahia (Sudec) atualizou, na tarde desta quinta-feira … Leia Mais


Nova etapa de vacinação contra a Dengue: regiões de Itabuna, Ilhéus, Jequié e Barreiras receberão mais de 50 mil doses


Nova etapa de vacinação contra a Dengue:  regiões de Itabuna, Ilhéus, Jequié e Barreiras receberão mais de 50 mil doses

A Secretária da Saúde do Estado da Bahia, Roberta Santana, anunciou que, a partir desta sexta-feira (23), mais 50.447 doses da vacina contra a dengue serão distribuídas para as regiões de Itabuna, Ilhéus, Jequié e Barreiras, abrangendo um total de 71 municípios. Esta nova etapa é um avanço na luta contra a dengue, pois 38 municípios encontram-se em estado de epidemia e outros 19 em alerta.

A Bahia já tinha recebido do Ministério da Saúde 120 mil doses da vacina no início do mês, tendo sido distribuídas para 44 municípios das regiões de Salvador, Feira de Santana e Camaçari. A escolha dos municípios para a distribuição das vacinas tem sido baseada em critérios epidemiológicos rigorosos por parte do Ministério da Saúde, levando-se em conta os números de casos de dengue do ano de 2023.

A titular da pasta da Saúde do Estado expressou otimismo com a chegada das vacinas, mas enfatizou a importância da prevenção contínua. “A vacinação é uma ferramenta importante, sobretudo, no médio e longo prazo. A conscientização e a eliminação de focos do mosquito Aedes aegypti nas residências são as medidas fundamentais para o controle da doença,” declarou Santana.

O foco inicial da campanha de vacinação tem sido crianças e adolescentes de 10 e 11 anos, sendo ministradas duas doses com intervalo de 90 dias entre elas.

A resposta do governo estadual à dengue inclui a aquisição de novos carros de Ultra Baixo Volume (UBV), também conhecidos como fumacês, distribuição de aproximadamente 12 mil kits para os agentes de Combate às Endemias, intensificação dos mutirões de limpeza com o auxílio das forças de segurança e emergência, além da utilização de agentes com bombas costais em diversas cidades.

Dados

A Bahia registrou, de 1º de janeiro a 17 de fevereiro de 2024, 8.674 casos de Dengue, um incremento de 21,7% no comparativo com o mesmo período do ano passado. Atualmente, a Bahia tem três óbitos confirmados, sendo dois residentes de Jacaraci e um de Piripá.

Atualmente, 38 municípios se encontram em epidemia. São eles: Anagé, Barra do Choça, Barra do Mendes, Barro Alto, Belo Campo, Bonito, Brejões, Canarana, Caturama, Condeúba, Encruzilhada, Feira da Mata, Ibiassucê, Ibicoara, Ibipitanga, Ibitiara, Igaporã, Ipiaú, Iramaia, Irecê, Iuiú, Jaborandi, Jacaraci, Lajedão, Macaúbas, Manoel Vitorino, Matina, Morro do Chapéu, Mortugaba, Mucugê, Novo Horizonte, Piripá, Presidente Jânio Quadros, Quixabeira, Serrolândia, Tanque Novo, Uruçuca e Vitória da Conquista. Outras 19 localidades são consideradas áreas de alerta.


Em Itaparica, Governo entrega escola de tempo integral com investimento de R$ 42 milhões e outras obras


Em Itaparica, Governo entrega escola de tempo integral com investimento de R$ 42 milhões e outras obras

Cumprindo agenda nesta terça-feira (20), em Itaparica, na Região Metropolitana de Salvador, o governador Jerônimo Rodrigues inaugurou o Colégio Estadual de Tempo Integral Ernesto Carneiro Ribeiro, que teve aporte de R$ 42,1 milhões, entre obras e equipamentos. Ele também entregou um ônibus escolar, a pavimentação asfáltica na área de acesso à nova unidade escolar, que teve R$ 247 mil investidos, a requalificação da orla de Ponta de Areia e ainda autorizou novas obras para a cidade.

No novo padrão de Educação do estado, o colégio conta com 34 salas de aula e três laboratórios, divididos em três pavimentos; uma sala multifuncional; setor administrativo e biblioteca; teatro; restaurante estudantil; quadra poliesportiva coberta; piscina semiolímpica com vestiário; campo de futebol society com pista de atletismo; guarita; subestação e reservatórios. A construção da escola ficou a cargo da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado (Conder).

“É muito forte para a gente chegar aqui em Itaparica e encontrar uma escola com esse porte. Coisa que a gente só via em escolas particulares muito caras. Mas, dificilmente alguém vai encontrar uma escola melhor do que essa. E essa estrutura toda aqui, o teatro, auditório, o campo de futebol society, a quadra coberta, todos os espaços poderão e deverão ser ocupados constantemente”, ressaltou Jerônimo Rodrigues.

Instalado em Ponta de Areia e com capacidade é para 1500 alunos, somando os três turnos, a nova escola recebe estudantes dos colégios estaduais Jutahy Magalhães e João Ubaldo Ribeiro. Esta é a 38ª unidade de ensino entregue na gestão de Jerônimo marca a abertura do ano letivo 2024 na cidade, em continuidade ao programa que reestrutura as escolas da rede estadual.

Para a diretora do Núcleo Territorial de Educação 26 (NTE) Maria Celeste Viana, ação que demonstra o cuidado que a Bahia vem dando à Educação do estado. “Essa escola que entregamos agora, cada cantinho foi cuidado para que ela seja um espaço de aprendizagem, não só as salas de aula. A gente tem aqui complexo de Educação preparado para acolher e tratar o nosso estudante da melhor forma possível”.

A estrutura foi aprovada pela estudante Rafaella Souza. A escola está sendo muito importante para os alunos, ainda mais em um lugar que não tem oportunidade de trabalho, pois disponibiliza equipamentos e oportunidades de ver um mundo melhor. E o Governo proporcionou isso para nós todos aqui em Itaparica”, destacou a aluna do 2º ano.

Requalificação

Ainda em Itaparica, foi entregue a 1ª etapa da requalificação da orla de Ponta de Areia. As intervenções foram realizadas pela Secretaria estadual de Desenvolvimento Urbano (Sedur), através da Companhia de Desenvolvimento Urbano (Conder), e contaram com recursos da ordem de R$ 6,7 milhões.

Outras autorizações

O governador autorizou a Sedur, através da Conder, a deflagrar processo licitatório para a execução da 2ª etapa da requalificação da orla de Ponta de Areia. Jerônimo também autorizou a Secretaria estadual de Infraestrutura (Seinfra) a deflagrar processo licitatório para restauração da BA-532, no trecho de oito quilômetros entre Itaparica e a BA-001. O investimento previsto é de R$ 8 milhões e vão ser beneficiados os municípios de Itaparica e Vera Cruz.

Fotos: Joá Souza/GOVBA


Mutirão de limpeza e assistência à saúde marca operação do Governo no combate à Dengue no Sudoeste baiano


Mutirão de limpeza e assistência à saúde marca operação do Governo no combate à Dengue no Sudoeste baiano

Mais de 100 profissionais das forças de saúde, resgate e segurança do Governo do Estado atuaram no mutirão de limpeza e assistência à saúde que ocorreu nesta terça-feira (20) nos municípios de Jacaraci e Piripá, no Sudoeste baiano, ambos em situação de epidemia de Dengue. Com o apoio dos agentes municipais de combate às endemias, bombeiros militares munidos de bombas costais percorreram ruas e casas, enquanto as equipes da vigilância epidemiológica estadual faziam a entrega de medicamentos, insumos e equipamentos para auxiliar a prefeitura na assistência aos pacientes.

A ação coordenada entre Estado e Município tem o objetivo de exterminar os focos do mosquito aedes aegypti, que é vetor de transmissão da Dengue, Zika e Chikungunya, através da eliminação de água parada e aplicação de larvicida em locais críticos.

De acordo com a secretária da Saúde da Bahia, Roberta Santana, “a iniciativa reflete o compromisso do Governo do Estado em proteger a saúde pública e demonstra a importância da ação conjunta entre diferentes entes públicos e a comunidade para enfrentar situações de alerta”, afirmou. Segundo a titular da Sesab, além das ações imediatas de limpeza e assistência à saúde, o mutirão serve também como um chamado à conscientização sobre a importância da prevenção contra a Dengue, reforçando a necessidade de práticas cotidianas que evitem a proliferação do mosquito.

“O governador deu o comando na reunião de alinhamento e, prontamente, nos mobilizamos e estamos aqui para ajudar a Secretaria de Saúde nessa ação. Temos que ajudar o município a combater a dengue e fazer com que volte à normalidade o mais rápido possível”, afirmou o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBM), coronel Adson Marchesini. Ainda segundo o coronel, após o treinamento, com caminhonetes e equipamentos adequados, será feita uma varredura na cidade para acabar com os focos.

Moradores de Jacaraci e Piripá estão sendo incentivados a continuar diariamente com as práticas de prevenção, eliminando a água acumulada em pneus, vasilhames, garrafas, bem como utilizar repelentes e instalar telas em janelas e portas a fim de manter os mosquitos afastados e evitar novos casos da doença.

Dados

A Bahia registrou de 1º de janeiro a 17 de fevereiro de 2024, 8.674 casos de Dengue, um incremento de 21,7% no comparativo com o mesmo período do ano passado. Atualmente, a Bahia tem três óbitos confirmados, sendo dois residentes de Jacaraci e um de Piripá.

Atualmente, 38 municípios se encontram em epidemia. São eles: Anagé, Barra do Choça, Barra do Mendes, Barro Alto, Belo Campo, Bonito, Brejões, Canarana, Caturama, Condeúba, Encruzilhada, Feira da Mata, Ibiassucê, Ibicoara, Ibipitanga, Ibitiara, Igaporã, Ipiaú, Iramaia, Irecê, Iuiú, Jaborandi, Jacaraci, Lajedão, Macaúbas, Manoel Vitorino, Matina, Morro do Chapéu, Mortugaba, Mucugê, Novo Horizonte, Piripá, Presidente Jânio Quadros, Quixabeira, Serrolândia, Tanque Novo, Uruçuca e Vitória da Conquista. Outras 19 localidades são consideradas áreas de alerta.


Fotos: Mateus Pereira/GOVBA


Mais de 12 mil atendimentos serão ofertados durante a Feira Saúde Mais Perto


Com serviços de saúde e voltados ao cidadão, a população Alagoinhense terá acesso a realização de exames, consultas, cirurgias na Feira Saúde Mais Perto nos dias 22 e 23 de fevereiro. A ação realizada pela Prefeitura Municipal em parceria com o Governo do Estado da Bahia, vai oferecer mais de 12 mil atendimentos gratuitos aos alagoinhenses.

Serão ofertados serviços de odontologia com: Procedimentos de Odontologia com tratamento de canal (de pré-molar a pré-molar), restauração e reconstrução dentária, cirurgias da cavidade bucal, extrações, aplicação de flúor, atividades coletivas na atenção especializada e tratamento de doenças da gengiva, limpeza e retirada de placa bacteriana, dentre outros (crianças a partir dos 5 anos).

Exames de Ultrassonografia com requisição médica (Mama, Transvaginal, Abdômen Total, Tireoide, Vias urinarias, Próstata via abdominal e partes moles); Eletrocardiograma; Preventivo: Orientação sobre a Saúde da Mulher e métodos contraceptivos; Mamografia: em mulheres de 50 a 69 sem indicação médica. Assim como exames oftalmológicos, a partir dos 07 anos; rastreamento para cirurgia de catarata de idosos acima de 60 anos, capsulotomia por Yag Laser (procedimento que remove opacidades da cápsula posterior do cristalino, que é o suporte onde a lente intraocular fica apoiada após a cirurgia); e exames laboratoriais.

Haverá Cirurgias Eletivas com consulta com Cirurgião Geral, para encaminhamento, agendamento e execução de cirurgias com Hérnia umbilical, Epigástrica e inguinal, Histerectomia e Vesícula); orientação em Saúde; Imunização contra Covid-19, febre amarela, hepatite e tétano; Testes rápidos (HIV, sífilis e hepatite); Aferição de pressão arterial e glicemia; Orientação nutricional e serviços de Fisioterapia.

Também serão ofertados serviços de Cidadania com Emissão da primeira e segunda via de carteira de identidade (necessário a certidão de nascimento ou casamento original e em bom estado junto), inscrição no CPF e emissão de antecedentes criminais, além da emissão do cartão do SUS.

Para a estrutura serão disponibilizados carretas e caminhões, consultórios médicos para o atendimento móvel que acontecerá no Estádio Carneirão, a partir das 08h.


Governo da Bahia intensifica combate à dengue; Jerônimo reúne prefeitos de municípios afetados para reforçar ações


Na manhã deste sábado (17), o governador Jerônimo Rodrigues se reuniu com 43 prefeitos e outros representantes de municípios baianos afetados pela epidemia de dengue. A reunião contou com a presença do senador Jacques Wagner e do ministro da Casa Civil, Rui Costa. A ministra da Saúde, Nísia Trindade, participou por videoconferência. O objetivo foi alinhar esforços para combater a doença, que tem apresentado aumento nos índices em diversas regiões da Bahia.

Os dados divulgados pela Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) apontam para uma notificação de 6,3 mil casos prováveis de dengue no estado, entre 31 de dezembro do ano passado e o último dia 14 de fevereiro. Nesse contexto, o governo e as autoridades de saúde estão redobrando os esforços no que diz respeito à prevenção e ao controle da doença. Durante a reunião, foi discutida a necessidade de ampliar o atendimento aos municípios em situação crítica, além de promover orientações à população sobre a importância da prevenção e os sintomas da dengue.

O governador Jerônimo Rodrigues enfatizou a importância da união de esforços para enfrentar esse desafio de saúde pública. “Vamos mobilizar todos os setores da sociedade, desde as autoridades locais até os cidadãos, para garantir o sucesso das ações de combate à dengue. Com isso, espera-se que as medidas discutidas na reunião possam contribuir significativamente para a redução dos casos e a contenção da doença no estado da Bahia”.

A ministra da Saúde, Nísia Trindade, ressaltou a importância do diálogo entre municípios, estados e Governo Federal durante a epidemia. “As recomendações da coordenação nacional podem ser ajustadas em colaboração com os estados. Por isso, quero elogiar a iniciativa do governador e propor uma reunião específica com o consórcio Nordeste para antecipar ações. Quero ressaltar ainda a necessidade de precaução e cuidado para enfrentar os desafios da época das chuvas, especialmente em relação aos pacientes”.

O prefeito de Jacaraci, Antônio Carlos Abreu, expressou sua preocupação com o aumento no número de casos. “A dengue tem sido um desafio constante para nossa comunidade. Estamos totalmente comprometidos em intensificar nossos esforços locais para combater essa doença. É fundamental que todos os moradores estejam plenamente informados sobre os sintomas e adotem medidas preventivas para evitar a propagação do vírus em nossa cidade. Por isso, é tão importante esse diálogo com o governo do Estado para formular estratégias”.

Estratégias

Para combater a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, a  Sesab delineou diversas estratégias emergenciais. Entre elas, destacam-se as visitas regulares às unidades de saúde e hospitais públicos, visando capacitar as equipes estaduais e municipais através do programa Telessaúde. Além disso, a utilização de drones para mapeamento e identificação de possíveis focos de reprodução do mosquito é uma inovação tecnológica que fortalecerá as ações de vigilância epidemiológica. Outra medida crucial é a realização de mutirões de limpeza em áreas consideradas críticas, visando eliminar recipientes que possam acumular água parada, ambiente propício para a reprodução do vetor.

A secretária da Sesab, Roberta Santana, ressalta a importância desse encontro como um passo crucial na batalha contra a doença na Bahia. “Nosso foco principal é unificar estratégias, fortalecendo a cooperação entre os municípios e o governo estadual. Ao alinharmos nossos esforços, conseguiremos intensificar a proteção da saúde pública e combater de forma mais eficaz a propagação dessa enfermidade devastadora”.

Entre os 43 municípios baianos em situação crítica diante da epidemia de dengue, destacam-se Anagé, Belo Campo, Vitória da Conquista, Bonito, Botuporã, Brejões, Condeúba, Encruzilhada, Feira da Mata, Ibiassucê, Ibicoara, Ibitiara, Igaporā, Ipiaú, Iramaia, Irecê, Jacaraci, Matina, Morro do Chapéu, Mortugaba, Novo Horizonte, Piripá, Rodelas, Barra do Mendes, Piritiba, Serrolândia, Lajedão, Chorrochó, Jaborandi, Caturama, Macaúbas, Tanque Novo, Cordeiros, Manoel Vitorino, Cafarnaum, Mairi, Nova Viçosa, Adustina, Carinhanha, Salvador, Feira de Santana, Serrinha, Camaçari.

Sintomas

A dengue, doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, é uma preocupação global de saúde pública. Caracterizada por febre alta, dores musculares e articulares, dor de cabeça, náuseas e vômitos, pode evoluir para formas mais graves, como a hemorrágica e a síndrome de choque da dengue, que podem levar à morte. Outros sintomas que merecem atenção incluem dor abdominal intensa e contínua, sangramento de mucosas, aumento progressivo do hematócrito, hipotensão postural e letargia. A prevenção ainda é a melhor forma de combate à doença, incluindo a eliminação de recipientes que acumulem água parada, onde o mosquito deposita seus ovos, e o uso de repelentes e telas protetoras nas residências.

Fotos: FeijãoAlmeida/GOVBA