Novo Enem seriado começa a valer no próximo ano

Enem tradicional continuará a existir para atender aos alunos que já terminaram o ensino médio Foto : Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil Por Geovana Oliveira O presidente do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), Alexandre Lopes, disse hoje (15) que o novo Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) começará a ser aplicado … Leia Mais


STF considera inconstitucional impressão do voto nas eleições

Ministros da Corte consideraram que a medida viola a liberdade e o sigilo da votação Foto : Elza Fiúza/ Agência Brasil Por Luciana Freire O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que a impressão do voto nas eleições é inconstitucional. Em 2015, o Congresso chegou a aprovar esse dispositivo na minirreforma eleitoral. Porém, os ministros … Leia Mais




Após fala de Bolsonaro sobre o Renda Brasil, dólar fecha em alta


Moeda norte-americana subiu 0,24%, vendida a R$ 5,2884

[Após fala de Bolsonaro sobre o Renda Brasil, dólar fecha em alta]Foto : Reprodução/Arquivo/Agência Brasil

Por Luciana Freire

O dólar fechou em alta hoje (15), em semana de decisão do Comitê de Política Monetária do Banco Central do Brasil sobre a taxa de juros no Brasil, e também de olho na cena política após a fala do presidente Jair Bolsonaro que desistiu de lançar o programa Renda Brasil, uma reformulação do Bolsa Família.

A moeda norte-americana subiu 0,24%, vendida a R$ 5,2884.

No exterior, a produção industrial da China acelerou no ritmo mais forte em oito meses em agosto. Já nos EUA, a produção industrial nos Estados Unidos cresceu 0,4% em agosto, marcando alta pelo quarto mês consecutivo.


Bolsonaro anuncia que desistiu de criar Renda Brasil


Presidente diz que dará “cartão vermelho” a membro do governo que propor assunto

[Bolsonaro anuncia que desistiu de criar Renda Brasil]Foto : Marcos Corrêa/PR

Por Matheus Simoni

O presidente Jair Bolsonaro foi às redes sociais para anunciar que desistiu de lançar o programa Renda Brasil, uma reformulação do Bolsa Família. O anúncio foi feito após reunião de última hora com Guedes no Planalto. Governo também deve estender a desoneração da folha de pagamento para outros setores. ​Em vídeo no Twitter, o presidente ameaçou com “cartão vermelho” integrantes da equipe econômica que defenderem medidas como o corte de benefícios de aposentados e deficientes.

A informação foi divulgada nesta terça-feira (15) pela imprensa. O corte iria possibilitar uma diminuição das despesas para abrir espaço orçamentário no teto de gastos para encaixar a expansão do Bolsa Família e, consequentemente, a criação do Renda Brasil. “Até 2022, no meu governo, está proibido falar a palavra Renda Brasil. Vamos continuar com o Bolsa Família. E ponto final”, declarou Bolsonaro.

 

Fonte: Metro1

Bahia registra mais de 6 mil mortes por Covid-19


Ao todo, o estado tem 285.448 casos confirmados e 6.040 óbitos desde o início da pandemia

[Bahia registra mais de 6 mil mortes por Covid-19]Foto : Camila Souza/GOVBA

Por Luciana Freire

A Bahia registrou nas últimas 24 horas 41 mortes por Covid-19, totalizando 6.040 óbitos em decorrência da doença, segundo boletim divulgado hoje (15) pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab). Também em 24h, foram registrados 2.213 novos casos. Ao todo, o estado tem 285.448 casos confirmados de coronavírus.

Os casos confirmados ocorreram em 416 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (28,93%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (6.191,22), Almadina (6.131,04), Itabuna (5.493,78), Madre de Deus (5.082,25), Dário Meira (5.023,34).

Ao todo, 272.127 pessoas já estão curadas da doença. Na Bahia, 24.568 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19.

No estado, dos 2.677 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para coronavírus, 1.092 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de UTI adulto de 47%. Vale lembrar que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia.

Fonte:Metro1


Governo inicia desativação de leitos de coronavírus em Salvador


Infraestrutura e equipamentos vão ficar disponíveis em caso de reativação de emergência

[Governo inicia desativação de leitos de coronavírus em Salvador]Foto : Camila Souza/GOVBA

Por Matheus Simoni e Juliana Rodrigues

O governador Rui Costa (PT) anunciou hoje (15) a desativação de leitos clínicos e de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) destinados ao coronavírus e geridos pelo estado em Salvador. A medida ocorre em função das baixas taxas de ocupação dessas unidades na capital baiana. A desativação terá início a partir do hospital Ernesto Simões, que era exclusivo para pacientes com Covid-19. A partir desta semana, os leitos adicionais serão mantidos. O hospital funcionará com 55 leitos de UTI e mais 100 leitos clínicos, focado em média e alta complexidade.

Ainda de acordo com o governador, a Fonte Nova passará de 80 para 50 leitos de UTI e de 100 para 30, em enfermaria. “Quem sabe, Deus queira, que a ocupação continue caindo e a gente possa anunciar a desativação completa da Fonte Nova”, afirmou Rui.

O Hospital Santa Clara, que é arrendado pelo governo, terá todos os nove leitos de UTI desativados e funcionará apenas como hospital de retaguarda para leitos clínicos.

Já o hospital Riverside será desativado e reformado para reabrir no começo do próximo ano como um hospital de cuidados prolongados. “São aqueles pacientes que são internados, operados, precisam de uma internação mais prolongada, um politraumatizado, alguém que teve um AVC ou um infarto”, afirmou o secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas.

Segundo o governador, no entanto, a desativação não significa que os equipamentos serão inviabilizados. Ele afirmou que o estado está preparado para uma possível nova onda de casos na capital baiana. “Toda a infraestrutura e equipamentos estarão disponíveis para, se for necessário, reativar os leitos”, diz Rui.

Fonte: Metro1


Bolsonaro desiste de recriar Ministério da Segurança Pública e pensa em extinguir pasta do Turismo


Decisão teria sido tomada em razão de restrições orçamentárias do governo

[Bolsonaro desiste de recriar Ministério da Segurança Pública e pensa em extinguir pasta do Turismo]Foto : Ministério da Justiça e Segurança Pública

Por Lara Curcino

O presidente Jair Bolsonaro desistiu de recriar o Ministério da Segurança Pública, que está acoplado à pasta da Justiça desde o início do governo atual. O chefe do Executivo já teria avisado a auxiliares e aliados sobre sua decisão.

De acordo com a CNN, a informação foi confirmada por três fontes próximas a Bolsonaro, sendo dois auxiliares da ala militar que dão expediente no Palácio do Planalto e um aliado político que costuma frequentar o Palácio da Alvorada semanalmente.

Segundo as fontes, o presidente ainda avalia extinguir um dos atuais 23 ministérios, por razões orçamentárias. Uma das pastas que corre perigo é a do Turismo. A ideia seria transferi-la para o Ministério da Cidadania e a Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo (Embratur).

Fonte: Metro1