Receptivo turístico dá as boas-vindas às delegações do G20, no Aeroporto de Salvador


Representantes das maiores economias do mundo desembarcam desde o início do fim de semana (25), no Aeroporto Internacional de Salvador. As 45 delegações do G20, compostas por 19 países, além da União Africana e da União Europeia, estão sendo recebidas por equipes da Secretaria Estadual de Turismo (Setur-BA), com um serviço de receptivo, que inclui apresentações para evidenciar a riqueza histórica e cultural da Bahia. Eles participam da primeira reunião do Grupo, no Centro de Convenções Salvador, na segunda-feira (27), para debater pautas prioritárias como o combate à fome, pobreza e desigualdade.

Após o desembarque, as comitivas dos países participantes são direcionadas à Sala VIP do G20, montada pela Setur-BA no aeroporto, onde são recepcionadas por um grupo de capoeira e baianas. “Vamos até o desembarque e conduzimos até essa sala e ambientamos eles com um pouco da cultura da Bahia. Depois eles vão até a van e seguem para os seus hotéis. Esse é um trabalho que a Setur vem desenvolvendo com muita expertise durante todo o ano. O posto do aeroporto é aberto todos os dias e conta com colaboradores que falam outras línguas e dão todo apoio ao turista”, pontuou a supervisora do Serviço de Atendimento ao Turista (SAT) do Aeroporto, Patrícia Seabra. Os representantes do G20 vêm de várias partes do mundo, como Rússia, Arábia Saudita, Canadá, Indonésia, China, Singapura.

Pela primeira vez na Bahia e representando a Arábia Saudita, Ibrahim Alkaltham, ficou  entusiasmado por estar na Bahia. “Faço parte da delegação do meu país e esta é a minha primeira vez na reunião do G20 e neste estado. As expectativas são as melhores possíveis após essa recepção calorosa”, afirmou.

Yogie Yohanes, da Embaixada da Indonésia no Brasil, contou sobre o que espera da reunião. “A minha expectativa é de que os países do G20 possam fazer uma ação conjunta com o Brasil e com os países emergentes, acompanhar as necessidades de cada um deles e fazê-los crescer”, disse.

Os capoeiristas da Cia Tradições, coordenados pelo coreógrafo e diretor artístico, Denys Silva e a baiana Marinalva Ribeiro da Silva, foram as grandes atrações. “Fizemos aqui, uma apresentação de capoeira e samba de roda bem bacana, onde conseguimos uma ótima  interação com o público. Foi maravilhoso receber pessoas que nunca tinham visto um berimbau pessoalmente. Eles ficaram bem entusiasmados olhando, perguntando coisas sobre como era o som, e ficaram felizes”, contou Denys Silva.

A maior curiosidade das comitivas, apontada pela baiana Marinalva, foi sobre a vestimenta. “Eles querem saber sobre tudo: o significado dos colares, da fitinha do Senhor do Bonfim, como veste essa roupa e o que tem por debaixo desse vestido para ser tão rodado. São bastante curiosos e gostam muito da nossa recepção”, contou.

Durante o evento no Centro de Convenções, que terá a presença de cerca de 200 delegados estrangeiros, também estão previstos estandes de secretarias estaduais, e uma apresentação com o tema Dança dos Orixás, demonstrando mais um pouco da riqueza cultural da Bahia. Ainda está incluído na programação, um passeio turístico para o Pelourinho.

Sobre a reunião

A reunião faz parte do Grupo de Trabalho (GT) de Desenvolvimento e terá abertura oficial na segunda-feira (27), às 9h, com as presenças do sherpa (líder) do Brasil no G20, embaixador Mauricio Lyrio, e do diretor da Agência Brasileira de Cooperação, embaixador Ruy Pereira.

Na capital baiana, o GT irá apresentar estudos durante o encontro, que acontece até quarta-feira (20), incluindo políticas de inclusão para mulheres e grupos marginalizados, combate à pobreza infantil e às desigualdades, por meio de políticas inclusivas e de redução das desigualdades raciais no mundo do trabalho.

Repórter: Simônica Capistrano/GOVBA

Fotos: Fernando Vivas/GOVBA